Dra. Edme Mello fala do sistema Home Care

Dra. Edme Mello fala do sistema Home Care

Reconhecida  há quase 20 anos (2002, a Odontogeriatria é uma especialidade odontológica jovem e, portanto, em fase de desenvolvimento. A demanda é crescente e a especialidade ainda por aprofundar conhecimentos correlacionados com as demais especialidades da Odontologia e também da Medicina. Para atender esse público, o profissional de Odontologia precisa ter  uma ampla experiência como generalista.  O sistema de Home Care tem feito a diferença, especialmente para os casos em que a locomoção está comprometida. Para falar das características dos pacientes geriátricos e dos cuidados específicos, a cirurgiã-dentista, Dra. Edme Mello, clínica geral, com cursos de aperfeiçoamento em Odontogeriatria em Domicílio.

Segundo ela, a experiência de mais de 40 anos na profissão ajuda bastante no atendimento a esse público que requer conhecimento e prática nas várias áreas da Odontologia.

Abaixo, na íntegra, as colocações de Dra Edme Mello.

 

ENTREVISTA
Revista APCD Ribeirão: Quais as principais ocorrências na saúde bucal dos pacientes geriátricos?
Dra. Edme Mello: A doença periodontal é uma das ocorrências mais frequentes, devido principalmente à dificuldade na higienização. Mas, outros problemas como cáries e fraturas também ocorrem com frequência.

Para tratar esse paciente idoso é necessário planejamento e métodos próprios, como isso é feito?
Dra. Edme Mello: Esse paciente muitas vezes tem dificuldade de locomoção, visão e /ou audição alterados, diminuição da cognição. A maioria precisa de acompanhante. Portanto, todo o ambiente e a equipe devem estar preparados para recebê-lo. Acessibilidade, atenção, paciência, são multiplicados. A atuação multidisciplinar algumas vezes se faz necessária. Já o atendimento domiciliar é bastante peculiar. O tratamento deve ser realizado no menor tempo possível, já que, em geral, esse paciente está muito limitado.

O Cirurgião-Dentista (CD) está preparado para as indicações medicamentosas destes pacientes?
Dra. Edme Mello: A anamnese desse paciente torna-se mais importante do que nunca, e a atenção do profissional tem que estar toda voltada para o histórico de saúde dele. O cirurgião-dentista tem uma formação em farmacologia que lhe dá o conhecimento necessário, porém a atualização é imprescindível.

Ao atender no sistema de Home Care, qual o perfil de seus pacientes?
Dra. Edme Mello: O perfil do paciente no Home Care é de muita limitação, o que dificulta ou mesmo impede sua ida ao consultório. Não são raros os casos de pacientes acamados, muitas vezes não colaboradores, com vários graus de perda cognitiva. O atendimento deve ser muito bem planejado, todas as informações têm que ser obtidas com antecedência, o profissional deve comparecer à visita bem preparado em todos os sentidos, de modo que interfira o menos possível na rotina da casa e melhore a condição de vida e saúde desse paciente num menor tempo e com a maior assertividade possível.

O Chavão antigo, “é só colocar dentaduras nos velhinhos” realmente caiu por terra, hoje com os avanços da Odontologia?
Dra. Edme Mello: Com a melhoria da qualidade de vida das pessoas, está ocorrendo um aumento da longevidade. E, com o avanço da ciência, e particularmente da Odontologia e  Odontogeriatria,  cada vez menos dentes naturais são perdidos. As próteses de maneira geral ainda têm uma relevância grande para a reabilitação bucal. Os pacientes também têm bastante acesso à informação sobre a importância da preservação da saúde  e dos métodos mais modernos de tratamento.

Em tempo pandemia protocolos rígidos de biossegurança?
Dra. Edme Mello: Os protocolos de segurança numa clínica odontológica já são bastante rígidos há vários anos, por estarem profissionais e pacientes sujeitos à contaminação por várias doenças. Em tempos de pandemia, isso teve que ser multiplicado, com a adequação a novos protocolos e materiais. O cuidado é o mesmo para os pacientes de qualquer faixa etária, porém o idoso deve ter uma atenção especial.

A higiene bucal é fundamental em todas as idades, é ainda mais relevante para o idoso? 
Dra. Edme Mello: É de fundamental importância a orientação sobre a higiene bucal aos idosos e seus cuidadores. Esse paciente costuma ter uma perda na coordenação motora, e também mudanças nos hábitos alimentares, preferindo muitas vezes alimentos mais adocicados e pastosos, o que exige maiores cuidados.

Hoje são muitas são as opções protéticas para se reabilitar um paciente idoso?
Dra. Edme Mello:  As opções protéticas são muitas, existe solução para todos os tipos de necessidade, conforme as indicações para cada caso, dependendo de vários fatores. Os implantes são excelentes soluções para as reabilitações em todas as idades, desde que bem planejados. As overdentures são uma ótima opção às próteses convencionais, assim como as próteses protocolo, desde que as indicações sejam corretas.

Em sua opinião, qual deverá ser o futuro da Odontogeriatria?
Dra. Edme Mello:  A tendência é de um crescimento da especialidade e do número de especialistas, já que a demanda deve aumentar com o passar do tempo.


FONTE: Revista APCD Ribeirão Preto
Edição 315 – maio 2021

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.