As grandes paixões de Francisco Rehder

Entrevista exclusiva A Revista APCD Ribeirão: em foco Odontologia e Marketing

Francisco Carlos Rehder Neto é graduado em Odontologia pela USP; Mestre e Especialista em Odontologia Restauradora (USP); MBA e Especialização em Marketing pela USP e Akron University respectivamente. Com mais de 15 anos de carreira entre um início de Empreendedorismo (Clínica Privada) a uma transição para o segmento da Indústria na área da Saúde no setor de Equipamentos, Consumíveis e Implantes Odontológicos, onde atua como Executivo há mais de 10 anos, tendo acumulado experiência nas áreas de Inteligência de Mercado; Inovação e P&D; Marketing; Produtos e Comercial.

Atualmente atua na função de Product Marketing Manager junto à Dentsply Sirona, com escopo LATAM, sendo responsável pelo Marketing na área de Consumíveis atuando com as marcas Dentsply Sirona; Zhermack; VIPI; VDW e Maillefer.

Em entrevista exclusiva à Revista APCD Ribeirão, Francisco Rehder, faz considerações sobre sua trajetória, marketing e  dos avanços incorporados na Odontologia.

 

ENTREVISTA NA ÍNTEGRA COM FRANCISCO REHDER

RevistaAPCD-Ribeirão: Você tem uma longa experiência no setor de Odontologia nas esferas de Marketing e Negócios.  E hojear como é  atuar como Product Marketing Manager junto a Dentsply Sirona ?
Francisco Rehder: É um privilégio e uma grande responsabilidade poder atuar em uma empresa de expressão mundial em uma das áreas que se tornou minha segunda paixão depois da Odontologia, o Marketing. Uma área em constante evolução e hoje cada vez mais conectada às tecnologias. “Pilotar” essa área de conhecimento, entender e falar a linguagem do consumidor é um grande desafio. Hoje na Dentsply Sirona minha principal contribuição e atribuições estão voltadas a implementar estratégias de mercado e de comunicação bem como desenvolver produtos e soluções que gere, entregue e proteja valor aos profissionais de Odontologia garantindo sua satisfação com os produtos e serviços da empresa. 

Revista APCD-Ribeirão: A Inteligência Artificial hoje uma realidade na Odontologia está presente na maioria dos consultórios?  
Francisco Rehder: Quando pensamos em Inteligência Artificial (IA) é preciso entender que todos os aspectos de nossas vidas de alguma maneira já estão sendo e serão transformados e influenciados pela IA e sua contribuição na Odontologia já é uma realidade. Há várias aplicações dentre as quais podemos destacar os softwares de diagnóstico com definição automática dos pontos relacionados ao traçados cefalométricos para Ortodontia; algoritmos que são capazes de realizar a leitura de radiografias panorâmicas e compará-las com um banco de dados de laudos e diagnósticos para propor uma hipótese diagnóstica impressionam pela acurácia e reprodutibilidade. Além é claro de apps; chat boots e softwares que detém um IA para realizar pequenas ações como agendamento de clientes; confirmação de visitas; reorganização de agenda; fluxos financeiros e análises de resultados entregando relatórios recomendando tomadas de ações são alguns exemplos do que uma IA pode fazer pela Odontologia. Hoje a Dentsply Sirona já detém um sistema de IA chamado DONA que tem foco em oferecer suporte às dúvidas de nossos clientes em relação aos seus equipamentos e que segue evoluindo para novas abordagens e serviços. Se pensamos por exemplo na Alexa da Amazon, Watson da IBM ainda não estamos nem perto de entender o quão uteis esses sistemas serão no futuro. 

Revista APCD-Ribeirão: Nesta chamada “Era da Digitalização”, quais as tendências de avanços na Odontologia? 
Francisco Rehder: Já falamos sobre a aplicação da IA e é lugar comum hoje falarmos da digitalização da Odontologia que a cada ano se torna cada vez mais difundida e aplicada por vários e vários profissionais em todo o mundo. É realmente uma questão de tempo para que 100% dos fluxos se tornem digitais. A chegada de novos algoritmos; novos materiais restauradores; novas terapias irão até o final desta década modificar significativamente a Odontologia tradicional como a enxergamos hoje. O ganho de precisão diagnóstica; de agilidade e previsibilidade nos tratamentos, tudo passa por uma revolução e isso impactará os tempos de atendimento e de reabilitação de casos complexos de semanas para poucas horas. As tecnologias de impressão estão evoluindo a toda velocidade. É fato afirmar que o futuro será impresso. 

Revista APCD-Ribeirão: São muitos recursos (scaner, CAD CAM, imagem 3 D ...). Entretanto, devido a custos, ainda não estão ao alcance de muitos? 
Francisco Rehder: Se olharmos para a história sempre iremos nos deparar com o efeito das novas tecnologias versus sua disponibilidade versus sua adaptação. Eu me lembro de quando chegaram os CDs; os DVDs; o custo de ter um aparelho mesmo em um mercado que não era de nicho como a Odontologia era altíssimo; poucos early adopters tinham acesso àquela tecnologia que parecia distante. Porém como o passar do tempo as tecnologias vão ficando mais acessíveis e a adoção aumenta. Hoje o dentista dispõe de um arsenal de tecnologias a sua disposição; porém isso ainda demanda altos investimentos e entendo que a viabilidade na maioria das vezes está muito mais na proposta de Odontologia e na fase de carreira que cada clínica ou profissional está vivendo. O ponto não “Se”; mas sim “Quando” aquele profissional ou clínica irá de alguma forma se organizar para ter acesso àquela tecnologia; o que certamente irá influenciar e mudar sua forma de atuar, sua Odontologia. O movimento já começou, a questão agora é o tempo. 

Revista APCD-Ribeirão: Lançamentos na Odontologia são constantes, o CD tem tido folego para acompanhar? 
Francisco Rehder: Nos últimos 20 anos a Odontologia sofreu avanços incontáveis em todas as suas áreas de conhecimento. A minha própria Odontologia de quando me graduei em 2006, já não é mais a mesma. Novos produtos; novas especialidades; novas filosofias. A Odontologia é uma profissão de verdades transitórias e nunca paramos de evoluir e aprender. O profissional que entende isso; que estuda; que está atento às mudanças e às oportunidades é invariavelmente o profissional que se destaca. O mercado é muito competitivo, buscar entender e incorporar o que o mercado oferece em muitos casos tende a ser fator decisivo no sucesso de uma clínica e de um profissional. 

Revista APCD-Ribeirão: Quais as novidades da  Dentsply Sirona para o mercado nacional? 
Francisco Rehder: Sem dar spoilers (risos). Sim, em 2022 traremos muitas novidades para o mercado brasileiro. Na Dentsply Sirona a inovação é constante e para esse ano estão programadas novidades nas linhas de Endodontia com uma nova família de instrumentos; em Restauradora, um grande lançamento na linha de blocos está sendo preparada e deve checar ao mercado já em abril. Além de novidades nas linhas de softwares que irão influenciar muito o mercado de Odontologia Digital. Vale ressaltar que não somente lançamentos estão no radar da DS, o ano de 2021 foi um ano de escutar a voz do cliente, um ano de mapeamentos de jornadas e aprendizados que certamente terão seus resultados desdobrados em 2022 de modo a prover uma melhor experiência aos nossos clientes. O ano de 2021 foi um ano incrível para a Dentsply Sirona no mundo todo e estamos certos de que iremos movimentar o mercado para um 2022 ainda melhor. 

Revista APCD-Ribeirão: Quem estimula essa dinâmica (CD/cliente) ou a indústria sempre a frente impulsionando essa demanda, despertando o desejo no consumido final ? 
Francisco Rehder: Essa é uma ótima pergunta e acredito que a resposta no caso Brasil e de seus profissionais especificamente é que há uma simbiose muito grande entre os dentistas, as faculdades e a indústria no que diz respeito a essa inquietude de ir além; de inovar. Se olharmos os números referentes à produção científica em Odontologia no Brasil, somo número 2 e muitas vezes números 1 em determinadas áreas de conhecimento. Essa paixão do dentista brasileiro influencia e estimula a indústria. Tem muita gente séria, capacitada e motivada para fazer essa máquina seguir em frente e as parcerias são fundamentais nesse processo. 

Revista APCD-Ribeirão: Para finalizar, a Pandemia de Covid mudou a dinâmica da sociedade, provocou recesso e continua interferindo no mercado, qual a expectativa para o restante deste ano e para 2023? 
Francisco Rehder: Gosto de olhar a pandemia pelo seu legado e nesse caso vou destacar algumas inferências que entendo relevantes para a Odontologia. Primeiro, nunca se falou tanto em saúde e isso tem reflexo na saúde bucal; as pessoas passaram a pensar mais sobre cuidar de si e isso impactou a Odontologia. Outro ponto, as paradas ou diminuição das atividades clínicas pela sensação de insegurança causada pela Covid fez com que o dentista repensasse seu negócio e os aprendizados em relação a gestão do dinheiro; captação de pacientes; gestão de estoque; gestão de dívidas foram todas competências que desafiaram as clínicas a entenderem profundamente seus negócios e seu propósito. O perfil de consumo mudou; o perfil de investimento mudou; elevou-se o nível de criticidade e conhecimento em áreas administrativas, elevou se o conhecimento em marketing digital. Resultados demonstraram que o segundo semestre de 2021 já refletiu um mercado extremamente aquecido para os negócios e 2022 parece seguir essa tendência. O que ora pressionado mercado volta a crescer. É hora de acelerar!

 

 

Publicado em 25/03/2022.

APCD Ribeirão Preto

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.