A Evolução da Tomografia Cone Beam

A favor da Endodontia

Desde a sua descoberta em 1895 por Roentgen, a radiografia tem sido primordial para o diagnóstico na Odontologia, porém a radiografia convencional possui suas limitações por apresentar uma imagem bidimensional e com sobreposição de estruturas anatômicas, sendo adequada para visualização de coroas dentárias, raízes e estruturas adjacentes.

A buscativa de solucionar os problemas relacionados a odontologia e obter imagens mais detalhadas dos dentes e estruturas circundantes, em (1997) por Arai et al. Bernardes et al. adaptaram as tecnologias existentes para um pequeno campo de visão, o feixe cônico, que oferece uma qualidade de imagem muito superior e com muito menos distorção e artefatos quando comparado a TC helicoidal (médica).

Na endodontia, desde o seu surgimento (1997), a TCFC é de extrema importância e vem sendo primordial na conduta de vários casos clínicos, aumentando o sucesso no diagnóstico e proporcionado um melhor planejamento para o tratamento de diversas patologias. Os scanners atuais são de grande valia pois possuem sistemas novos e avançados, proporcionando exames cada vez mais detalhados e com melhor qualidade. Dentro da especialidade, as principais indicações para este tipo de exame são: variações anatômicas, reabsorções internas e externas, desvios, perfurações, localização de condutos e/ou calcificações, entre outros, porém ainda há dúvidas em relação à quando necessariamente este exame é essencial.

A TCFC é a modalidade de imagem de escolha quando surgem casos clínicos contraditórios e específicos e de difícil diagnóstico, pois permite um diagnóstico mais preciso, já que a radiografia periapical com seu campo limitado de visão vem perdendo espaço quando se trata de casos complexos.

A tecnologia de feixe cônico foi adaptada para aplicações dentárias por Arai et al. em 1997, que modificaram uma máquina convencional existente (Scanora, Soredex) em um pequeno campo de visão (FOV) em um aparelho de tomografia computadorizada de alta resolução e baixa dose de radiação chamado ORTHO CT, que mais tarde ficou conhecido como Accuitomo 3DX, muito usado na endodontia (Morita Co.,Kyoto, Japão).

Atualmente, no mercado temos disponível o tomógrafo computadorizado de feixe cônico para odontologia, com ênfase na endodontia, o Veraview X800, fabricado pela Japonesa Morita Co. Este aparelho é equipado com um braço em ''C'', que gira em torno da cabeça do paciente e adquire imagens em 360º e 180º, em rotação semelhante a de uma máquina panorâmica, que equilibra a dosagem e redução de artefato. Assim, os dados são transferidos para um computador e reconstruídos.

Portanto, a evolução dos equipamentos de tomografia cone beam permitiu uma ampliação do uso da TCFC facilitando o diagnóstico possibilitando um tratamento mais assertivo.

Para ilustrar o uso do aparelho de tomografia cone beam Veraview X800 na endodontia descreveremos o seguinte caso: Paciente, do gênero masculino, foi encaminhado ao serviço de diagnóstico de imagens para o estudo dos dentes 11 e 2 (imagens 1 e 2)

Imagens 1 e 2 – corte coronal panorâmico e reconstrução 3D coronal dos dentes 11 e 21.

Imagem 2 – Cortes oblíquos 1: da região dos incisivos centrais superiores.  Na imagem 2 observa-se os dentes 11 e 21 nos cortes oblíquos 1:1 para estudo da estrutura dentária e o tecido ósseo adjacente. No qual podemos verificar a perda de substância dentinária no terço cervical palatino dente 21.
 

 

Imagem 3 – Cortes axiais sequencias (1:1)


Imagem 4 - cortes MPR individual dos dentes 11 e 21

Nas imagens 3 e 4, respectivamente nos cortes axiais 1:1 e cortes MPR, observou os seguintes achados tomográficos, que estão indicadas pelas setas e siglas nas imagens e descritas abaixo no recorte de laudo:


Portanto, a alta resolução, o Veraview X800 oferece um voxel mínimo de 80µm que mostram até os mínimos detalhes da anatomia dentária e da estrutura do complexo maxilo-mandibular de cada paciente, além disso, uma ampla gama de funções inovadoras, por exemplo, para diminuir e"ou evitar artefatos ou para otimização automática da imagem (com base em dados reais), proporcionando uma maior confiabilidade possível no planejamento do tratamento.


FONTE: Blog Dose de Sabedoria , uma publicação da equipe de radiologistas da Radiologia Odontológica Jardim: Dra. Ana Luiza Riul, Dr. Luis Fernando Jardim e Dra. Patrícia Jardim.

 

Publicado em 29/11/2021.

APCD Ribeirão Preto
APCD Ribeirão Preto
APCD Ribeirão Preto

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.