EAP Cursos: ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA - CREDENCIADO PELO CFO
EAP Cursos: APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES
APCD Ribeirão Preto

EPIs – Ações do CROSP/PROCON

Cerca de 5 mil estabelecimentos são alvo de fiscalização

EPIs – Ações do CROSP/PROCON

15/4 - PROCON/SP: Cerca de 5 mil estabelecimentos são alvo de fiscalização de preços abusivos dos EPIs

O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) tem atuado desde o início da pandemia no intuito de garantir o exercício digno da profissão, que tem sido diretamente impactado pela alta nos preços dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). No ano passado, diante da dificuldade de aquisição dos equipamentos, o CROSP iniciou diálogo com o PROCON/SP para combater a prática da comercialização abusiva, conforme divulgado neste site. Mas, antes mesmo disso, diversas ações foram tomadas, inclusive com a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (ABIMO) para que houvesse a garantia de oferta justa dos EPIs aos profissionais de Saúde Bucal. 


Como o problema tem se mantido, em uma das ações mais recentes, o CROSP acionou novamente o PROCON/SP relatando as inúmeras denúncias recebidas e o quanto o valor de luvas e máscaras, essenciais para os profissionais de Saúde Bucal, ficaram mais caros na pandemia. Antes, as luvas custavam R$ 20 e hoje chegam a quase R$ 100, por exemplo. 


O PROCON/SP manifestou que tem tomado conhecimento do problema e atuado, por meio da Diretoria de Fiscalização, para coibir a cobrança abusiva no comércio de EPIs, chegando a autuar cerca de 5 mil farmácias, supermercados e outros estabelecimentos que praticavam preços injustos. 


Por isso, o CROSP reitera a todos a necessidade da denúncia. É de suma importância que todos os profissionais de Odontologia, que identifiquem a comercialização de EPIs de forma abusiva, encaminhem suas denúncias diretamente ao PROCON/SP, através deste link: https://consumidor.procon.sp.gov.br/denunciaanonima, informando qual tipo de produto e qual forma de comercialização (internet ou loja física).


Somente com essa mobilização é possível cobrar ações efetivas de inibição aos altos preços dos EPIs. 

No site do CROSP Você pode conferir o ofício enviado pelo CROSP a resposta do PROCON/SP sobre essa ação. 


FONTE: Site do CROSP- www.crosp.org.br

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.