Endodontia – demanda continua

O desenrolar dos atendimentos e dos cursos em tempo de protocolos mais rígidos

Endodontia – demanda continua

 

 

"A Endodontia, tendo o fator sintomatológico envolvido, sempre tem sua necessidade premente", frisa o prof. Brufato Ferraz.

A pandemia não alterou a demanda das necessidades endodônticas e odontológicas de uma maneira geral, pelo contrário, com o aumento do stress e da apreensão neste novo momento houve um incremento das necessidades. A afirmação é do prof. Dr. Brufato Ferraz.

“A Endodontia, tendo o fator sintomatológico envolvido, sempre tem sua necessidade premente”, frisa ele.


Destaca ainda, o maior avanço deste último ano na Odontologia foi a compreensão da Covid 19 e todo este entendimento apenas reforçou que as medidas tomadas pela Odontologia como rotina são efetivas como barreiras, protegendo paciente e profissional plenamente.

Sobre os programas desenvolvidos com essas últimas turmas, relata  que as interrupções desfavoreceram a  continuidade clínica, mas com as retomadas seguras puderam atingir plena e satisfatoriamente os objetivos dos cursos.

“Essas turmas, tanto de atualização quanto de especialização foram excepcionais, as evoluções e aperfeiçoamento de todos foi notório e significativo”, diz ele.

 

PRÓXIMAS TURMA DE ENDODONTIA

Para as próximas turmas, a equipe pretende manter a rotina e os protocolos estabelecidos, que se mostraram efetivos, dando proteção à todos envolvidos.“Cabe ressaltar que os alunos já trazem estes novos protocolados sedimentados, o que torna sua aplicação muito tranquila!”, comenta.

Segundo Brufato Ferraz, no tocante ao programa do Curso de Especialização, continuará apresentando o que a Endodontia tem de mais atual, sistemas de preparo radiculares (rotatórios e reciprocantes) e equipamentos (motores, ultrassom, microscópio operatório, etc.).

“As novas turmas tanto de aperfeiçoamento quanto de especialização contarão, como sempre, com muita dedicação e empenho de nossa equipe, buscaremos transmitir tudo que a Endodontia tem nos apresentado de mais recente e sedimentar os conceitos filosóficos já consagrados”, pontua o professor.


FONTE: REVISTA APCD RIBEIRÃO 
EDIÇÃO 316 - JUNHO 2021

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.