EAP Cursos: ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA - CREDENCIADO PELO CFO
EAP Cursos: APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES
APCD Ribeirão Preto

Coronavírus: Ribeirão Preto integra conselho de retomada das atividades do governo de SP

Governador João Doria (PSDB) convidou prefeitos das cidades sede do estado. Quarentena estadual foi prorrogada até 31 de maio

Coronavírus: Ribeirão Preto integra conselho de retomada das atividades do governo de SP

O prefeito de Ribeirão Preto (SP), Duarte Nogueira (PSDB), faz parte do novo conselho organizado pelo governo do estado de São Paulo para transição e retomada econômica durante pandemia do novo coronavírus. O Conselho Municipalista de Transição e Retomada do governo estadual foi anunciado no início da tarde desta sexta-feira (8), após o governador João Doria (PSDB) prorrogar a quarentena do estado até 31 de maio.

O conselho reúne os chefes do Executivo dos municípios sede do governo de São Paulo. Entre eles são membros do conselho os prefeitos de Araraquara (SP), Campinas (SP), Santos (SP), Sorocaba (SP), Presidente Prudente (SP), além de Ribeirão Preto.

De acordo com o governador, o objetivo é ampliar o diálogo e tornar as ações efetivas, agregar e regionalizar medidas. As reuniões serão feitas semanalmente para elaboração de ações conjuntas. Segundo a Prefeitura de Ribeirão Preto, a primeira reunião será presencial e deve acontecer na próxima segunda-feira (11), às 15h.

 

Quarentena prorrogada


O governador João Doria oficializou a prorrogação da quarentena em todo o estado de São Paulo até o dia 31 de maio. O anúncio foi feito em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul da capital paulista. Doria defendeu que a flexibilização das medidas restritivas, neste momento, prejudicaria não apenas o sistema de saúde, mas também a própria recuperação econômica do estado.

"Queremos, sim, em breve juntos poder anunciar a retomada gradual da economia como, aliás, está previsto no Plano São Paulo. A experiência de outros países, e nós temos utilizado essas experiências aqui, mostra claramente o colapso da saúde e, quando isso acontece, paralisa tudo. Autorizar o relaxamento agora seria colocar em risco milhares de vidas, o sistema de saúde e, por óbvio, a recuperação econômica", disse Doria.

Com a decisão, permanecem autorizados a funcionar apenas serviços essenciais. A ampliação do isolamento se deve ao aumento do número de casos e mortes em razão do coronavírus. Atualmente, são 3.416 óbitos no estado e o número de casos confirmados é de 41.830.

O governo buscava entre 50% e 60% para iniciar a flexibilização da quarentena, mas as autoridades de saúde apontam que a taxa ideal seria de 70%.

 

 

 

Fonte: G1 Ribeirão
Foto: Reprodução/EPTV
Dicas de prevenção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.