APCD Ribeirão Preto
EAP Cursos: APERFEIÇOAMENTO EM PRÓTESE SOBRE IMPLANTES
EAP Cursos: ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA - CREDENCIADO PELO CFO

25 de Outubro - Dia do Cirurgião-Dentista

As expectativas e perspectivas para a classe odontológica

25 de Outubro - Dia do Cirurgião-Dentista

As adequações de comportamento, na própria moradia e no ambiente de trabalho, as mudanças de posições, rotinas e tecnologias. A comunicação e o ensino à distância, atividades profissionais presenciais e no sistema home office, com seus efeitos deletérios. Esses são alguns dos desafios enfrentados desde o início de 2020, tirando as pessoas da zona de conforto. Embora muitos já tenham se adaptado, as transformações continuam e o "reinventar" se tornou uma constante.

Esse processo tem sido dinâmico e evolutivo, acaba gerando uma certa pressão sobre toda a sociedade, todos buscam formas dentro desta nova realidade, para se manterem produtivos, e superar perdas, o que tem culminado no consequente crescimento profissional, em avanços e conquistas para muitos, inclusive na Odontologia.

Na edição deste mês,  em que se comemora em 3 de outubro o Dia Mundial do Dentista e no em 25 de outubro o Dia do Nacional Cirurgião-Dentista, para fazer uma reflexão sobre o vivenciado em 2020 e no decorrer de 2021, os desafios e conquistas encarados pelos profissionais de Odontologia, além das expectativas futuras, a Revista APCD-Ribeirão ouviu o presidente Dr. Regis Peporini e o Dr. Artur Martini - tesoureiro, da Regional.
 


 

De acordo com Regis Peporini, depois de adequações para atender as necessidades exigidas devido a Pandemia, no início de 2020, de uma maneira geral, a Odontologia tem conseguido superar seus desafios.

"A Biossegurança sempre foi priorizada nos consultórios odontológicos, ainda assim aprimoramos um pouco mais, sempre atendendo as recomendações das autoridades da saúde. Isso nos possibilitou continuar atendendo a comunidade e, atualmente, em consequência da tensão gerada neste período de Pandemia, estamos com maior demanda nos consultórios. A classe tem demonstrado estar preparada para manter o atendimento em situações desafiadoras, o que muito nos orgulha", frisa.

Na APCD-Ribeirão Preto, os cursos iniciados antes desta fase foram concluídos e novas turmas foram formadas, demonstrando o empenho da associação e da classe para manter o ritmo do crescimento profissional, nesta constante de acompanhar dos avanços da ciência.

"Fizemos adequações e continuamos realizando os cursos e, apesar das circunstâncias devido a Covid 19, tanto o ano passado como neste, os resultados foram muito bons. Estamos otimistas, com o avanço da vacinação, a expectativa para 2022 é de que, praticamente tudo, volte à normalidade. Para isso estamos traçando novas metas, sempre buscando a superação, estimulando a classe a se manter atualizada, para oferecer excelência em Odontologia, se posicionando bem no mercado”, salienta Peporini.

Quanto ao sucesso dos cursos da EAP da APCD Ribeirão Preto, segundo o presidente da APCD-R, i se deve a tradição da escola, sobretudo ao empenho e competência do corpo docente.

“Os coordenadores e professores sempre buscando inserir no programa o que há de mais atual e avançado, atendendo essa necessidade de todos nós cirurgiões-dentistas de estar sempre se reciclando. Essa é uma constante na Odontologia", comenta.

Quanto as inovações na Regional APCD-RP, destaca ser o propósito da diretoria de dinamizar ainda mais as atividades.

"Estamos programando a abertura de novos cursos, fazendo adaptações no nosso cronograma, ampliando o quadro de professores. Enfim, depois de tantos desafios, estamos com ânimo renovado para levar adiante o trabalho da APCD Ribeirão Preto e para isso deveremos ter muitas novidades em 2022”, adianta ele.

Segundo Peporini, ficam os aprendizados deste período e muitas podem ser as reflexões neste Dia do Cirurgião-Dentista de 2021. 

O principal aprendizado é de que a gente esteja sempre preparado para o inesperado. Felizmente vimos que a Odontologia estava e está muito preparada. Por isso, quero parabenizar todos os Cirurgiões-Dentistas por esse dia, especialmente neste momento de nossa história, em que vimos que o profissional de Odontologia tem estado a frente de seu tempo, sempre desenvolvendo protocolos rígidos de biossegurança, desempenhando seu papel com dedicação e competência, da melhor maneira possível. Sigamos juntos sempre, na esperança de que dias melhores virão, a APCD continuará na vanguarda da Odontologia e do associado, buscando manter unida a classe e colocando ao seu alcance os avanços da ciência”, externa Peporini.
 

As oscilações do mercado

A crise sanitária gerada pela Pandemia do novo Coronavirus provocou muita instabilidade econômica e assim como os demais setores, consultórios, clinicas, laboratórios e fabricantes odontológicos tiveram de refazer metas, ajustar gastos, se adequando a realidade inesperada.

Depois de muitas aberturas e fechamentos, vacinação avançando, é vivenciado um clima de recomeço em toda a economia. A afirmação é de Artur Martini – tesoureiro da APCD-RP.


 

Segundo Martini, a retração do mercado foi sentida por todos, alguns mais e outros menos, porém o Cirurgião Dentista é muito criativo e acompanha as oscilações, inclusive dos novos nichos de mercado.

"Essa realidade é comprovada pelo alta procura dos cursos da APCD-Ribeirão Preto mesmo neste período de instabilidade econômica. Ninguém quer ficar para traz", pontua.

Sobre novos projetos e investimento na Regional, destaca: "Falar em investimentos, é muito difícil, pois ainda temos uma certa instabilidade, o importante é abrir novas frentes, novos horizontes, criar novos rumos, novos cursos. Com a Chegada de novos diretores, que estão dando força na APCD-RP, tenho convicção de que iremos passar por todas as dificuldades, mesmo as que estão por vir".

Sobre os altos e baixos da economia e do mercado, recomenda austeridade ao profissional de Odontologia, para evitar perdas econômicas.

“Cautela, fazer pouco estoque, comprar bem, se valorizar, e vender seus produtos por um preço justo, e não o que os donos dos Convênios querem pagar, se aperfeiçoar a todo momento, a toda Hora, e associar-se, ver o que os colegas estão fazendo e estão passando, para nunca perder o foco de ser sempre o melhor no que faz”, diz Artur Martini.
 

Fonte: Revista APCD Ribeirão 


Publicado em 15/10/2021.

(16) 3630-0711

Avenida do Café, 1080 - Ribeirão Preto (SP)
Ops... Preencha corretamente o formulário.
Obrigado! Seu formulário de inscrição foi encaminhado com sucesso.